Como ganhar dinheiro extra?

Como ganhar dinheiro extra

Como ganhar dinheiro extra é uma pergunta que muitos fazem procurando receitas prontas para solucionar rapidamente suas carências.

A renda extra na sociedade dos dias em que vivemos se tornou muitas vezes item obrigatório para o sustento de muitas famílias brasileiras. A verdade é que com o aumento de preços e o congelamento da renda de muitos, inúmeras famílias passam por dificuldades no lar.

Ter ideias para ganhar dinheiro extra com pouco investimento é a chave que falta ser virada no dia a dia dos guerreiros verde e amarelo.

Vender é, e por muito tempo será, a melhor saída para esse típico questionamento:

Estou desempregada o que fazer para ganhar dinheiro?

Eu venho do mundo de distribuição e trabalho direto com análises de números sobre vendas. Percebi que para aumentar as vendas não basta apenas vender mais, é preciso uma gestão mais responsável sobre suas vendas.

Nesse artigo eu vou te mostrar como ganhar dinheiro extra nos finais de semana, feriados ou qualquer outro dia que você esteja disponível, todavia a ferramenta para essa renda extra será a venda direta.

Eu vou dar a você um exemplo de um revendedor por catálogo que quer ganhar R$3.000,00 por mês.

Mesmo estipulando esse valor os conceitos que vou passar aqui vão além desse patamar. Só para você ter noção de quão além vão, as grandes distribuidoras que conheço usam esses conceitos e faturam na casa de mais de 8 dígitos.

O que vou ensinar não é uma fórmula mágica, mas sim uma rotina de vendas que toda e qualquer empresa ou pessoa pode fazer em seu dia-a-dia.

São princípios básicos que na correria esquecemos ou simplesmente não sabemos fazer. Você poderá usar os conceitos para revender qualquer coisa, seja física ou digital.

Se você gosta de ter resultados rápidos então já pode parar de ler o conteúdo por aqui, mas se você quer levar suas vendas até seu limite continue lendo, R$3.000,00 será apenas um aprendizado.

Quando vendemos produtos por revistas geralmente é para completar as nossas rendas, ou mesmo para sobrevivermos dela, mas é possível “profissionalizarmos” essa renda e atingirmos patamares antes inimagináveis.

Vejo muita gente produzindo receitas genéricas e coisas que eu dificilmente acreditaria.

Se você vende, sabe fazer contas… e se sabe fazer contas, diga ao final desse bloco se é possível o que você lerá agora.

Boa leitura.

Como ganhar dinheiro extra: Não foque no produto

Não foque no produto: Ganhar dinheiro extra

Observe que quando vendemos temos a grande tentação de apresentar as características do produto. Passamos muito tempo falando do item em si e acabamos perdendo oportunidades de vendas por focarmos no que não é importante.

Como assim não é importante?

Ninguém quer seu produto, as pessoas querem o que ele gera, seu status, seus benefícios, o que ele resolve.

Você acha que alguém quer triturador de legumes verde ou quer legumes cortados sem precisar machucar os dedos na faca?

Você acha que alguém quer um perfume vendido por algum consultor ou quer ficar cheiroso para namorada?

Você acha que muitas das pessoas que fazem pedidos caríssimos da famosa empresa de utensílios domésticos de plásticos, o fazem para ter uma bacia colorida ou ter uma “bacia da marca famosa” com garantia de 10 anos que provavelmente vai ser usada pelo resto da vida, que você vai poder chamar aquela sua amiga para ver sua bela aquisição?

O benefício do produto é o valor que você vende, azul, verde e amarelo são meros detalhes. Veja no parágrafo anterior a questão do “status”. Um produto às vezes tem tantos benefícios que você mal abre a boca para vendê-los.

Esse tipo de produto são os produtos de ponta, como eu gosto de chamar. São produtos que seus clientes estão procurando e que geram muito valor para as fabricantes.

Geralmente estão sempre nas compras de pessoas fãs de marcas.

Certa vez fiz uma venda apenas dizendo para uma pessoa que vendia uma determinada marca. Foi rápida a negociação e ainda teve recompra dias depois.

Quando você estiver em uma visita em algum determinado cliente ou prospecto, se apresente como consultor e não como vendedor.

Quem ouvir você deverá fazer uma leitura sua de uma pessoa que está ali para ajudá-la e não para tirar dinheiro dela.

Você é uma pessoa amiga que está ali para ajudar. Que também é fã da marca. Que usa aquele produto.

Você só conseguirá chegar a esse nível de relação/confiança focando em benefícios e sendo extremamente sincero com quem vai comprar de você.

A venda direta é uma modalidade de venda que o foco está no corpo a corpo. Você já inicia a venda na primeira impressão que seu possível cliente tem de você.

Se ele perceber que seu atendimento está com foco em apenas arrancar dinheiro dele, você nunca concluirá a venda com sucesso.  Tenho certeza que você já notou aquele tipo de vendedor que você sabe que ele está ali apenas para ganhar seu dinheiro.

Faça uma venda sincera

Venda renda extra

Mas o que eu considero como uma venda sincera?

Uma venda sincera é uma venda que você se importa tanto com quem você está vendendo, que seria capaz de dar aquele produto para a pessoa que lhe compra.

Geralmente realizamos esse tipo de venda quando vendemos para nossos amigos e familiares mais chegados, mas aqui está um item forte saber como ganhar dinheiro extra.

Nesse tipo de venda tem tanta confiança em ambas as partes que o produto e seu preço ficam irrelevantes.

Tudo é baseado nos benefícios e no quão confiante você é de quem compra.

Apenas deixo aqui meu alerta pois nessa venda, muitas vezes nós como vendedores de qualquer marca, somos tendenciosos a na hora da cobrança “amolecermos” demais e muitas vezes acabamos dividindo o pagamento em longas parcelas. E isso não é saudável para suas vendas.

Seus clientes não devem ser apenas seus familiares e amigos.

Para ganhar R$3.000,00 ou mais por mês você tem que ter clientes. Então vamos à procura deles.

Primeiro de tudo precisamos saber de quantos clientes estamos falando. Diante do que foi introduzido aqui vamos então saber como atingir esse patamar de salário.

Imagine que você tem uma revenda de uma distribuição e sua margem sobre seu volume de vendas é de 26,5%, ou seja, esse é o valor que você ganha de tudo que você vende. Então qual vai ser o seu valor de esforço, meta?

Esse valor de esforço vou chama-lo de ticket médio.

Ticket médio é quantos reais em média por pedido um cliente deve comprar ou comprou de você.

Como a maioria das empresas têm diferentes produtos com uma grande variação de preços, precisamos definir aqui uma meta sobre valor de vendas e não por um produto inicialmente.

Quanto eu preciso vender por cliente atendido?

Por exemplo, minha meta é R$100 por cliente. O que eu vender abaixo de R$100 significa dizer que eu não atendi minha meta. Agora o que atingir depois desse valor por cliente estarei indo muito bem relacionado a meta.

Ótimo. Como sei que quero ganhar os três mil por mês vou fazer umas pequenas contas.

Multiplique 3000 por 100 e divida por 26,5 (que é sua margem). Essa resposta é R$11.320,75. Então para você atingir três mil de salário terá que vender esses 11 mil no mês.

Você já pode estar dizendo: Está loco cara! Nunca que vou conseguir isso iniciando o negócio.

Mas uma vez então eu digo para você, é possível muito mais do que isso, tenha calma.

Quando você tem uma meta, você será muito mais cobrado pelo resultado e terá muito mais resultados para mostrar.

Continuemos na nossa conta…

Pegue agora os R$11.320,75 e divida por 26 dias do mês (eu retirei os domingos, mas se você quiser acrescenta-los fique à vontade). Então eu já sei quantos reais eu devo vender por dia, R$435,41.

Se meus clientes tiverem o ticket médio de RS100 então agora divido R$435,41 por esses 100 reais. Nesse cenário você deverá vender à 4,35 clientes por dia o valor de no mínimo R$100.

Suponha que seu produto seja um perfume e este seja R$100. Então você precisa vender de 4 a 5 perfumes em um dia.

Vamos fechar a conta e colocar uma meta de venda por dia de R$500,00. Esses R$500,00 podem ser alcançados nas seguintes configurações.

Você pode vender:

  • R$100,00 para 5 clientes
  • R$250,00 para 2 clientes
  • R$300,00 para 1 cliente e R$100,00 para 2
  • R$200,00 para 1 cliente e R$100,00 para 3
  • R$500,00 para 1 cliente
  • Etc…

A minha primeira venda trabalhando com venda direta foi de R$730,00. Nesse dia meu ticket médio foi de R$730,00, pois eu vendi para apenas uma pessoa.

Para atingir esses valores diários inicialmente, você vai ter que adquirir mais conhecimentos em vendas, aumentar o seu número de contatos e ter muito foco.

Então se precisamos vender no mínimo R$100 por pessoa, precisaremos montar uma carteira de 113,2 clientes, arredondamos então para 114 clientes.

Embora esse valor possa estar lhe assustando não é muito para quem tem foco, garra e coragem. Você vai ter que suar a camisa mesmo. Mas para te tranquilizar mais, eu estou aqui para te ajudar.

Chame a atenção gerando valor

Chame atenção

Se você leu bem o início desse bloco deu para perceber que as pessoas são mais tendenciosas de comprar de quem elas mais confiam.

E a não ser que você tenha 114 familiares, temos que “caçar” todas essas pessoas que veem em nós confiança. Um bom modo que posso lhe indicar é: Transforme os seus contatos em leads!

Lead é uma pessoa que lhe deu um contato em troca de algum benefício ou interesse que você gerou para o indivíduo.

Então para transformar os contatos em clientes temos que ser referência para esses contatos e primeiramente transformá-los em leads.

Temos que gerar valor para eles.

Veja como fica a sequência da busca pelo cliente:

Ouvinte > Lead > Cliente

Vamos começar procurando esses clientes na nossa lista de amigos por exemplo do Facebook.

Então comece a publicar com uma frequência predefinida por você cumprindo rigorosamente os horários de publicação.

Pode ser uma vez ao dia, uma vez na semana, tudo vai depender do seu tempo programado para a atividade.

Quanto mais publicar melhor, desde que tenha sentido para o que você vende e agrade ao seu ouvinte.

Por exemplo se seu produto for produtos relacionados a cozinha e alimentação uma boa ideia seria receitas.

Diariamente publique uma linda receita em sua timeline do Face e veja quem reage a publicação. Converse com as pessoas nas publicações. Engaje-as.

Anote o nome e se possível o telefone da pessoa que curtir, comentar ou reagir em uma agenda. Continue publicando e vá sempre colocando ao lado do nome uma pontuação para cada reação.

A receita publicada sempre tem que ser relacionada ao produto que você tem em estoque ou o produto que você quer vender. Nunca fuja dessa linha de pensamento, caso contrário você não vai conseguir educar esse possível comprador a ser seu cliente.

O segredo dessa ação é realmente como falei, educar o público para a necessidade, que ele ainda não sabe que tem, de seu produto ou serviço.

Não coloque anúncios com preço em suas publicações, deixe que eles perguntem. É um jogo de paciência, tenha calma. Você está gerando valor para eles e isso é o que importa agora.

Quando você notar que uma pessoa está curtindo muito suas publicações, ligue para ela e pergunte se ela tem interesse em uma visita.

Essa é uma ótima tática, e eu já usei essa forma para vender produtos de mais de R$3.500,00. Pode existir clientes em seus contatos e você poderá fazer vendas para eles sem gastar um real por isso.

Eu falei aqui para você usar o Facebook, mas essa técnica pode ser replicada no Instagram ou qualquer outra rede social. O ponto focal aqui é já existir uma base de pessoas para quem você possa publicar.

A minha primeira venda que eu citei aqui de R$730,00 foi feita pelo Whatsapp.

Se você for usar grupos do Whatsapp faça que terá o mesmo efeito, o importante aqui é… sempre que for criar algum grupo pergunte primeiro ao pessoal no privado se ele o autoriza a fazer tal coisa.

Não seja deselegante ou inconveniente. Lembre-se, você está para somar e não para subtrair de alguém.

Renda extra: Realize sorteios de brindes

sorteios

Você pode pegar alguns brindes e todo mês realizar um pequeno sorteio. Aproveite e nas regras do sorteio solicite um contato telefônico (Whatsapp) de um prospecto.

A maioria das pessoas gostam de receber presentes, não desperdice a oportunidade de vendas que podem ser geradas por essa excelente tática.

Os brindes não precisam ser realmente da empresa que você revende, todavia, o efeito do seu uso se dará em oferecer gratuitamente produtos ou mesmo serviços relacionados ao que você trabalha.

Podem ser qualquer coisa que você julgue que tenha valor, e que possa gerar um sorriso em quem recebe.

O que importa aqui é o envolvimento das pessoas com você. Como falei anteriormente, você deve estar associado a tudo que for positivo na mente de seus clientes.

Quando esse valor é percebido você passa direto de: Vendedor para Consultor e de consultor para Amigo.

Aqui está a chave. Em quem você mais confia, em um desconhecido ou em seu amigo? Entendeu… ?

Tenha produtos sempre disponíveis

Venda Direta

Embora fazer pedidos seja mais seguro para o nosso lado como vendedor, claro do ponto de vista que compramos só da empresa depois que nossos clientes nos comprem, ter produtos à pronta entrega é uma estratégia que não pode ser ignorada.

Quando você já cativou uma pessoa, e ela já tenha se tornado seu cliente, ou seja, já te deu o voto máximo de confiança, o dinheiro dela, dificilmente esse cliente irá comprar de outra pessoa.

Já tentei fazer vendas à clientes de outros vendedores (:D) e recebi inúmeras vezes um: Obrigado, eu já compro de Fulana de Tal.

Então comecei a perceber que uma vez cliente sempre cliente, só basta que sempre fique no rol das pessoas confiáveis desse cliente e que eu entregue sempre uma excelente experiência de compra ao prospecto.

Mas, já consegui vender para clientes de outros consultores porque tinha algumas vantagens: Sabia conquistar, sabia vender e tinha o produto já em meu estoque. Observe a ordem de importância:

Sabia conquistar > Sabia vender > Tinha produtos à pronta entrega

Ter produtos em seu estoque te ajudarão a aumentar suas vendas, pois o empecilho “demora de entrega” irá ser resolvido no momento da venda com a entrega em mãos.

Nossos vendedores vendiam CHIPs e tinham o produto já em suas mochilas organizados por ordem de compra e venda (algo parecido com a data de vencimento do produto). O que conseguimos implantar nas mentes de nossos clientes é que quando estes se deparavam com nossa equipe, sabiam que sempre tínhamos produtos disponíveis.

E aí gostou do artigo? Me deixe um comentário para mim.

Avalie esse artigo para entendermos se você gostou do nosso conteúdo. Clique em uma estrela de acordo com seu nível de satisfação.

Conteúdo ruimPrecisa melhorar o conteúdoConteúdo razoávelConteúdo bomÓtimo conteúdo (Seja o primeiro a avaliar...)
Loading...

Allisson da Silva

Allisson da Silva é o fundador da Compra aê! Desde 2015 vem estudando e desenvolvendo projetos sempre com foco em internet. Atualmente trabalha com distribuição, venda direta, marketing digital e é o CEO da metallisson®.

Deixe um comentário

Deus seja louvado!