Natura Pedidos: 5 técnicas que te ajudarão nas vendas de amanhã

Natura pedidos

Natura Pedidos

A meta de qualquer revendedor da Natura Cosméticos sempre tem que ser aumentar o número de pedidos. A empresa investe muito na qualidade dos produtos e isso já um um bom motivo para seu valor de vendas não ser baixo. O que você tem que pensar é: como fazer isso de forma consistente?

As vezes as pessoas saem para vender sem pelo menos pararem para pensar um pouco em quais coisas eles poderiam fazer para que pudessem aumentar as vendas com a Natura. Pedidos solicitados uma vez perdida no mês realmente não levarão o revendedor muito longe.

Muitos clientes compram na Natura online, mas o foco principal da empresa está na venda direta. Então entender o mínimo necessário para realizar suas vendas com sucesso será a obrigação de hoje de você leitor.

Logo abaixo eu deixo para você 5 técnicas que vão te dar um rumo para você conseguir manter constantes suas oportunidades de venda.

Boa leitura.

Natura Pedidos: Entenda as oportunidades de vendas

Veja bem, para se conseguir aumentar o número de pedidos da Natura será preciso que se tenha uma atenção quanto a identificação das oportunidades de vendas.

Essas oportunidades vão ser verificadas a partir do entendimento do problema do cliente.

O conhecimento a respeito do cliente é de suma importância aqui. Quanto mais se entende as dores do cliente, mais as oportunidades de vendas se tornam cada vez mais claras.

Entenda que existem clientes que sabem o que querem e outros que não conseguem deixar claro suas necessidades.

Nos dois tipos você deve ficar atento, pois em uma simples conversa uma oportunidade pode ser percebida. Você tem a função de traduzir a necessidade do seu prospecto, assim como uma consulta, indicando para este um produto ou serviço que resolva seu problema.

Aqui cabe a ideia de se vender um sapato e já oferecer uma meia. São produtos relacionados e de fácil entendimento. São relacionados e a oportunidade surgiu por intermédio da conversa.

Um outro exemplo é que em uma mesma loja de sapato pode existir relógios à venda.

No processo de identificação de oportunidades, baseado claro, pelo conhecimento prévio de todos os produtos e na necessidade do cliente, o relógio pode ser ofertado sem qualquer dúvida.

São produtos relacionados ao conforto e bem-estar, além de é claro, serem diretamente ligados pelo grupo da moda.

Em um exemplo de um negócio de produtos esportivos, converse sobre corrida, caminhada. Caso a loja seja de sapatos sociais, converse sobre empreendedorismo, status.

Obs. Natura pedidos: eu não disse diretamente a dica exemplificando na área de cosmético pois quero que você para e pense um pouco como inseri-la em se negócio de cosméticos.

A identificação de oportunidades de vendas é um fator crucial na agregação de valor na hora venda. Essas oportunidades são como uma folha ao vento e poderão passar em frente aos olhos de qualquer vendedor desatento.

Para facilitar sua gestão separe seus produtos por grupo de afinidade. Isso irá resultar em excelentes chances para novas vendas.

Natura, boleto e criatividade o que existe de incomum?

Definitivamente, um bom vendedor não é engessado. A Natura sempre inovou em seus produtos. Seu ponto forte até hoje é fundamentado na criatividade. Então sendo assim convido o leitor para também usar da criatividade e aumentar seus boletos em pedidos.

Quando estamos em atendimento é imprudente pensar que tudo irá ocorrer conforme nosso script previamente planejado.

Embora devamos identificar o máximo de possíveis questões que nosso cliente provavelmente irá nos perguntar, é preciso que muitas vezes improvisemos.

Improvisar não significa dizer: tentar ludibriar o cliente, mas sim em situações de oportunidade de vendas ou no tratamento de objeções, procurar saídas e soluções inteligentes em um tempo curto.

O que não se pode em uma abordagem é transparecer, de forma imatura, saber de algo que naquele momento se tenha dúvida.

Em nossa distribuição tínhamos a rotina de sempre dizer:

Gaguejou na frente do cliente, perdeu o cliente.

Tenho certeza que não é esse sentimento que você deseja construir na mente do seu prospecto.

Além do mais, levando para “outro lado da criatividade”, com bastante interação comunicativa no instante do atendimento, a venda se tornará muito pessoal e direcionada.

Quanto mais única for a apresentação, mais chances se terá de sucesso.

Um cliente percebe facilmente quando um vendedor vem com conversas repetitivas querendo apenas executar a venda.

Além do mais, a capacidade de adaptar seu script de vendas demonstra conhecimento no que você vende.

E isso eu resumidamente chamo da arte da desenvoltura.

Não demonstre desespero

Natura pedidos: diga não a afobação de vendas…

Seu cliente não deve ter uma impressão sua como se você estivesse no fundo do poço e ele fosse a solução, ao contrário, sua posição deve ser de solucionador de problemas.

Quando um cliente percebe essa fraqueza ele estará fortalecendo o poder do NÃO.

Vá por mim, você não vai querer isso para você.

Geralmente esse sentimento aflora quando estamos perto no fim do mês e precisamos bater a meta de vendas estipulada.

Alguns vendedores demonstram fraqueza nesse quesito no fim do mês, todavia te encorajo a pensar com você, repita a frase:

Eu sou o fornecedor de solução e não o consumidor!

O cliente, ao perceber a fraqueza o vendedor com relação a esse ponto, de cara:

  • Solicita sempre desconto
  • Deixa para comprar no fim do mês
  • Tem maiores chances de inadimplência
  • Exerce poder de barganha sobre o vendedor

Chamo esse cliente de cliente viciado, ele sabe que não pode pedir desconto e no “colar colou” vai lá solicita mesmo assim.

São os destrutores inteligentes de margens de lucro. Eles sabem como fazer e o fazem por causa da ansiedade do vendedor.

Então, se um cliente lhe der um NÃO, não deixe de demonstrar para ele que você é quem manda. Então não se importe. Esse cliente irá retornar, pois ficará exposto a um comportamento seu, não previsto por ele, tomado com sabedoria.

O pulso firme na hora vender é a chave. O vendedor e não o cliente, é a maior autoridade no processo de venda construído sobre todas as técnicas de venda.

Exerça sua atividade com firmeza em seu posto guerreiro leitor!

Aja com honestidade

Um dos grandes fatores para que o cliente chegue e solicite cancelar o pedido Natura é a má índole do revendedor. Muitas vezes esse usa de formas desonestas ou mesmo imaturas para realizar desesperadamente vendas. Essas atitudes descredibilizam o profissional autônomo. E venda, nesse caso, será a última coisa que o cliente insatisfeito desejará fazer.

Nunca minta para realizar uma venda. A verdade é uma das prioridades no processo de construção da confiabilidade entre o vendedor e o cliente.

Uma vez quebrada desabará todo um nome construído.

Esse tópico para falar a verdade, não era nem para eu estar citando aqui, todavia o uso da honestidade é uma técnica de venda simples e poderosa.

Uma pessoa com credibilidade inquestionável é uma pessoa confiável. Não é à toa que em momentos de discussão em nosso dia a dia alguém fale:

– Eu só acredito se Fulano falar!

Esse Fulano, neste momento, primeiro vendeu uma imagem de pessoa confiável. Que não age de má fé. É a pessoa naquele minuto mais confiável para dar a última palavra.

Construir essa autoridade é de suma importância no processo de vendas.

Não chegue um dia apresentando um produto dizendo que irá acabar a promoção no dia tal, e quando chegar depois do dia a promoção ainda dure.

Conheço pessoas com esse perfil. Essas pessoas não têm credibilidade no mercado que atuam. São “profissionais da mentira”.

A palavra deles não tem validade alguma. Você deve ser conhecido como uma pessoa irrepreensível. Uma pessoa que em qualquer situação se possa confiar.

Essa qualidade será refletida no subconsciente do cliente, visto que o bloqueio mental da desconfiança já será quebrado ao associar sua imagem com a verdade.

Imagine você chegando na casa de alguém para vender algo. O que seu cliente pensará primeiro de você?

Será que é um:

  • Olha quem chegou aí o mentiroso da promoção que não existe!
  • Veja chegou o “safado” que me vendeu o produto ruim, quebrado!

Ou será que seu cliente fica te esperando ansiosamente para ouvir sua proposta de valor, baseada apenas na verdade?

A técnica do uso da verdade daria um livro apenas falando sobre ela. Aqui está apenas um resumo, mas não deixe de pensar seriamente nela!

Não foque no produto

Observe que quando vendemos temos a grande tentação de apresentar as características do produto. Passamos muito tempo falando do item em si e acabamos perdendo oportunidades de vendas por focarmos no que não é importante.

Como assim não é importante?

Ninguém quer seu produto, as pessoas querem o que ele gera, seu status, seus benefícios, o que ele resolve.

Você acha que alguém quer triturador de legumes verde ou quer legumes cortados sem precisar machucar os dedos na faca?

Você acha que alguém quer um perfume vendido por algum consultor ou quer ficar cheiroso para namorada?

Você acha que muitas das pessoas que fazem pedidos caríssimos da famosa empresa de utensílios domésticos de plásticos, o fazem para ter uma bacia colorida ou ter uma “bacia da marca famosa” com garantia de 10 anos que provavelmente vai ser usada pelo resto da vida, que você vai poder chamar aquela sua amiga para ver sua bela aquisição?

O benefício do produto é o valor que você vende, azul, verde e amarelo são meros detalhes. Veja no parágrafo anterior a questão do “status”. Um produto às vezes tem tantos benefícios que você mal abre a boca para vendê-los.

Esse tipo de produto são os produtos de ponta, como eu gosto de chamar. São produtos que seus clientes estão procurando e que geram muito valor para as fabricantes.

Geralmente estão sempre nas compras de pessoas fãs de marcas.

Certa vez fiz uma venda apenas dizendo para uma pessoa que vendia uma determinada marca. Foi rápida a negociação e ainda teve recompra dias depois.

Quando você estiver em uma visita em algum determinado cliente ou prospecto, se apresente como consultor e não como vendedor.

Quem ouvir você deverá fazer uma leitura sua de uma pessoa que está ali para ajudá-la e não para tirar dinheiro dela.

Você é uma pessoa amiga que está ali para ajudar. Que também é fã da marca. Que usa aquele produto.

Você só conseguirá chegar a esse nível de relação/confiança focando em benefícios e sendo extremamente sincero com quem vai comprar de você.

A venda direta é uma modalidade de venda que o foco está no corpo a corpo. Você já inicia a venda na primeira impressão que seu possível cliente tem de você.

Se ele perceber que seu atendimento está com foco em apenas arrancar dinheiro dele, você nunca concluirá a venda com sucesso.  Tenho certeza que você já notou aquele tipo de vendedor que você sabe que ele está ali apenas para ganhar seu dinheiro.

Resumindo

Nesse artigo vimos 5 das dezenas de técnicas que podemos utilizar para aumentar nos pedidos Natura.

Pedidos não precisão ser forçados e sim conquistados.

Impor verdade, focar no benefício não ter desespero na venda e saber ver novas oportunidades de vendas certamente farão com que nossas vendas aumente consideravelmente.

Avalie esse artigo para entendermos se você gostou do nosso conteúdo. Clique em uma estrela de acordo com seu nível de satisfação.

Conteúdo ruimPrecisa melhorar o conteúdoConteúdo razoávelConteúdo bomÓtimo conteúdo (Seja o primeiro a avaliar...)
Loading...
Categorias: Vendas

Allisson da Silva

Allisson da Silva é o fundador da Compra aê! Desde 2015 vem estudando e desenvolvendo projetos sempre com foco em internet. Atualmente trabalha com distribuição, venda direta, marketing digital e é o CEO da metallisson®.

Deixe um comentário

Deus seja louvado!