Como vender mais qualquer coisa?

Publicado por Allisson da Silva em

O vendedor de sim - metallisson

 

O não, não pode existir antes que muitos sim te façam concordar e sorrir.

Allisson da Silva

 

Olá, tudo bem com você? Eu sou apaixonado por vendas. Tenho experiência em vendas na área de telefonia e estou propondo trazer o melhor deles para você usar em seu dia a dia.

Posso te fazer algumas perguntas? Se a resposta for afirmativa, continue a leitura. Eu vou precisar que você fale bem baixinho aí com você as respostas para as próximas perguntas. Mas tem que falar, está ok?

Não hesite em responde-las. Seja rápido na leitura das perguntas e seja muito franco nas respostas. Você tem que recita-las. No final desse texto eu vou fazer você pensar como seria a sua vida se você não tivesse lido esse texto hoje.

Não deixe para ler amanhã, ou depois. Pare o que você está fazendo. Não quero que você faça mais nada. Por seu favor, você não irá se arrepender.

Me responda essas perguntas. Pode iniciar:

  1. Você gosta de sonhar coisas boas?
  2. Você gostaria de estar melhor hoje?
  3. Você gostaria que seu dia se tornasse mais feliz?
  4. Você gostaria de fazer alguém sorri?
  5. Você gostaria de receber um abraço dizendo: Nossa, obrigado por você estar aqui agora!?

Pronto. Agora respire e pense no que você acabou de responder.

Vamos precisar dessas respostas mais tarde.

Eu sou do setor de inteligência e amo essa área. Embora você possa ainda não me conhecer, eu te garanto que vou cumprir o prometido no título desse texto.

Eu gosto de fazer as pessoas pensarem, faz bem. Se existir alguma dúvida, não deixe de fazer um comentário no fim do material.

Nesse artigo existe uma mensagem que provavelmente poucas pessoas conseguirão encontra-la (pelo menos é o que eu acho). Mas me diga que você é bom, é atento, é diferente … é esperto e me mande um e-mail dizendo qual é ela.

No assunto do e-mail não coloque nada além da frase: Eu sei qual é a mensagem

No assunto descreva que mensagem é essa e me faça um comentário no e-mail.

Não precisa ser nada complicado, seja sucinto. Envie para o meu: contato@metallisson.com

Não se desanime por não encontra-las, essa não é minha intenção.

Eu só preciso que você saiba que eu sou diferente, que você é diferente, que estamos em uma comunidade rica em diversidade. E como você vai se destacar? Como eu vou? Como vamos conquistar?

Quero te convidar a entender um pouco sobre o que realmente é uma venda, como ela se comporta e como transforma-la em alegria para os envolvidos na transação.

Vender algo é passar para outra pessoa ou empresa aquilo que resolva a dor de quem compra. Aquilo que faz bem. Quando alguém resolve abrir mão de seu dinheiro e “investir” em alguma coisa que ela deseja, é porque aquilo o faz realizado ou resolve algo.

Não há outro motivo.

Vamos ser vendedores de sim. Transforme a vida do máximo de pessoa que você puder. Isso não só fará bem para o seu cliente, mas te fará ir à o outro nível.

Vamos juntos nadar em águas que você já deva ter ido à praia, mas nunca se lançado em alto mar. Se molhe à vontade.

Boa leitura!

Como vender mais: O que fazer ao se encontrar com o cliente?

Analise bem. É de manhã e você está fazendo sua rota de vendas diária. Ao chegar no estabelecimento (casa) de seu cliente, o que você faz?

Posso até imaginar você dizendo: Ora, eu vou dar bom dia, uai!

É isso mesmo. Se essa for sua resposta você está completamente errado. Antes de tudo entenda, eu não estou dizendo que você não deva cumprimentar a pessoa, mas há algo que deve ser feito antes do cumprimento para que todo o processo, que irei ensinar aqui, funcione.

Transmita alegria

Como vender mais - Transmita alegria - metallisson

Como vender mais – Transmita alegria

Você não sabe dos problemas que seu cliente está passando, você não sabe se aquele é um bom momento para uma visita.

Se você não agendou, não sabe se será bem recebido. Então você está prestes a entrar em área desconhecida.

Essa é a hora de agir, use a sua maior arma secreta: Sorria. 😀

Quer saber como vender mais? Sorria, mas sorria de verdade! Existem muitos benefícios quando sorrimos, e todos estão diretamente ligados a contribuição desse momento do primeiro encontro com o cliente. Veja alguns:

  1. Sorrir ajuda ao corpo relaxar
  2. A reduzir o estresse
  3. Produz endorfina redutora de tristeza
  4. Aumenta a confiança
  5. Estimula a concentração
  6. Torna você mais atraente
  7. Etc..

Agora você não pode dar um sorriso padrão, apenas por dar, isso não estará lhe ajudando. Ao contrário, lhe prejudicará.

Segundo Erin A. Heerey e Helen M. Crossley em sua pesquisa sobre o sorriso, quando este é verdadeiro uma atmosfera de bem estar é criada naquele momento, sendo benéfico para você e seu cliente.

Agora segundo os pesquisadores, quando o sorriso é uma monótona repetição irá separar as partes envolvidas, em vez de junta-las! Atente-se para isso ao sorrir.

Quando você fizer isso observe qual será a reação da pessoa. Esse momento é curto e vai decidir seu sucesso ou não naquele atendimento.

Você tem poucos segundos para avaliar qual será sua próxima atitude. É como atravessar uma rua apressado, o tempo é curto para tomar uma decisão, mas pode mudar todo o cenário.

Esses poucos segundos definirão as próximas atitudes que iremos ver logo adiante. Não ache que é bobagem, isso é o que diferencia o bom vendedor do ruim. Não fique na mediocridade. Haja com excelência.

Sorrir é uma maneira fácil de melhorar seu humor, ser mais saudável, se sentir melhor e ser visto como mais confiável, e não só isso, mas também se você tiver uma equipe, lhe tornará um líder melhor.

Sempre que você estiver em uma situação estressante ou estiver se sentindo para baixo, dê um sorriso no rosto para tirar vantagem dos muitos benefícios que o sorriso tem a oferecer. De fato, sorrir em primeira mão abrirá suas portas.

Chame sempre a pessoa pelo nome

Como vender mais - Chame sempre uma pessoa pelo nome - metallisson

Como vender mais – Chame sempre a pessoa pelo nome

Em hipótese alguma NÃO chame seu cliente ou prospecto por algo que não seja o nome dele. Não use:

  • Apelidos
  • E aí cara (mulher)
  • Boy
  • Mano(a)
  • Irmão(ã)
  • Menino(a)
  • Parceiro (a)
  • Gente boa
  • Muleque
  • Compadre (comadre)
  • Dona
  • Ou qualquer outra coisa….

O nome de uma pessoa é o maior bem que ela tem. É ele quem diz quem é você, sua família, seus feitos, seu crédito na praça e seu legado.

Então porque danado sabendo disso você ainda irá chamar uma pessoa por um apelido?

Pelo amor de Deus. O nome de alguém sendo recitado é a maior prova de valor dele! E quanto maior for a reputação de quem fala o nome mais quem ouvi seu nome sendo recitado se sentirá importante.

Sinceramente, essa é a maneira mais simples de conquistar alguém. Você pode estar pensando: – Que coisa obvia estou lendo!

Pois é… embora seja algo banal em nosso dia a dia, não paramos para perceber que ao recitar o nome de alguém e como o falamos (entonação, presença, expressão facial) estamos fazendo o primeiro elogio a quem ouvi.

Pare para pensar e me diga o que é ser famoso? O que é ser uma pessoa importante? Como você quer ser lembrado?

Todas essas respostas estão ligadas diretamente ao nome. A importância de um nome e seu valor estão ligados a essência do ser humano, assim como a alimentação, segundo Carnegie.

Então quando você quiser chamar atenção de alguém tentando persuadi-la, claro que no bom sentido, comece chamando-a pelo nome e sobrenome.

Quantas pessoas recitam seu sobrenome?

Se você ainda está com aquela pulga atrás da orelha pelo que venho falando faça um teste. Escolha uma pessoa que você viu faz algum tempo. Faça uma visita para ela ou apenas ligue. Dê aquele cumprimento caloroso falando o nome e sobrenome da pessoa.

Agora me diga se a reação da pessoa não está listada abaixo:

  • Ela sorriu e ficou feliz
  • Ela falou algo como: O próprio… Em carne e osso… É esse mesmo… Esse nome vale até um lanche… Diga aí meu grande amigo(a)…
  • Ela se surpreendeu

Todas essas reações contribuem ao nosso favor. Por que não usa-las para vender mais?

Condução do SIM – Faça o cliente dizer SIM

Como vender mais - Faça o cliente dizer sim - metallisson

Como vender mais – Faça o cliente dizer sim

Você já viu os detalhes de duas pessoas (casal) dançando? Existe sintonia nos movimentos. Há momentos que o homem conduz aqueles passos e há momentos que quem conduz é mulher, sua parceira.

Da mesma forma iremos tratar aqui sobre o assunto que estamos discorrendo. A nossa dança será em busca da resposta que queremos ouvir. E vamos chegar nela.

Alguns movimentos irão definir as próximas atitudes que você terá que tomar para garantir a condução ao SIM.

Temos pouco tempo para todas essas tomadas de decisões, todavia temos um balizador que nos ajudará e muito nessa empreitada. Iremos a partir de agora nos concentrar no feedback de quem está à nossa frente.

O momento agora é conduzir à primeira conversa depois do sorriso e seu cumprimento. A dica principal que você pode seguir é: Influencie a pessoa sempre a sorrir e dizer sim!

Em minha apresentação do texto para você no início desse artigo, te conduzi sempre a me dar uma resposta positiva.

Criei um clima agradável em minhas primeiras palavras e construí um espaço em que você confiou em mim.

Você sempre me disse SIM e eu já vendi uma coisa para você, e mesmo assim diretamente eu não te falei nada te oferecendo.

Eu construí um desejo de transformar o seu dia e te dei a possibilidade de transformar o dia de outras pessoas.

Te lancei um desafio e te gerei curiosidade e inquietação. Entretanto até agora eu não sei quantas das palavras você conseguiu encontrar…

Eu vendi meu texto para você e você comprou a ideia. Mas eu ainda nem comecei o conteúdo de verdade. Até agora eu introduzi a mensagem que eu quero deixar.

Foi ou não foi?

Quando você faz o mesmo com o seu cliente ele fica como estamos agora, confiando um no outro. E porque eu sei que você está confiando em mim. Ora você já leu mais de 1500 palavras e continua aqui comigo. Se isso não é confiar o que será?

Eu prendi sua atenção te conquistando e você me deixou conduzir a dança, caso contrário você não estaria mais aqui lendo o texto que produzi para você.

Não se preocupe eu dei o meu melhor e não vou deixar você esquecer de mim. Combinado?

Continue lendo e você verá quanto ainda estamos iniciantes no assunto.

Observe como seu cliente se comporta

Como vender mais - Observe como seu cliente se comporta - metallisson

Como vender mais – Observe como seu cliente se comporta

Agora vamos para uma parte que simplesmente sou fascinado: A linguagem corporal. Desde os primórdios da humanidade nos comunicamos utilizando como meio, não só a voz, mas sim o corpo.

Com ele evoluímos transmissões de informações e desenvolvemos a fala. A própria matemática ou mesmo a computação tem seus fundamentos em simbologias produzidas usando o corpo.

O dígito é a unidade atômica dessas ciências e é assim chamado devido aos nossos ancestrais contarem coisas com os dedos.

Então vamos analisar resumidamente o comportamento do corpo depois dos primeiros contatos que fizemos ainda agora. Você tem que os memorizar e entende-los para que possa mudar o curso de sua conversa enquanto ainda é tempo.

O nosso corpo é uma supermáquina regida por um poderoso computador, o nosso cérebro. É ele junto com outros órgãos que faz todo o corpo se comportar de forma harmoniosa.

Mas se você não sabia não temos apenas um cérebro, mas sim 3 cérebros. São eles:

  • Repteliano – Responsável por nossas ações instintivas (Ex.: respiração e reprodução)
  • Límbico – Responsável pelo gerenciamento dos nossos sentimentos e emoções
  • Neocortex – Responsável pela razão, raciocínio lógico.

Quando o límbico entra em ação algumas vezes produz movimentos involuntários no corpo e são eles que devemos ficar de olho a partir de agora. Ele irá responder perguntas para o nosso atendimento que não precisaremos perguntar para o nosso cliente para ter as respostas.

Agora eu convido você para subir o nível junto comigo. Não é difícil perceber os sinais que iremos ver. Aproveite e treine com as pessoas da sua casa. Você vai se orgulhar dos resultados. Veja:

Para vender mais, observe o olhar de seu cliente

  1. Se ele estiver parado no tempo ele não estar te ouvindo
  2. Se ele estiver olhando para o chão pode estar chateado ou tentando esconder algo
  3. Se ele está “olhando de banda” ele poderá estar desconfiado, não gostando do assunto, nervosa ou distraída
  4. Se estiver com as pupilas delatadas ele pode estar interessado no assunto (cuidado que álcool gera essa reação) 🙂

Observe como ele movimenta a cabeça

  1. Se a cabeça estiver baixa pode ser que ele não esteja confiando em sua conversa ou pode estar com vergonha
  2. Se ele olhar muito para cima pode ser que ele esteja confuso, não esteja entendendo
  3. Se ele der um belo sorriso espontâneo e olhe para cima pode ser que ele esteja se divertindo
  4. Se a cabeça estiver inclinada pode ser que ele gostou de você, sentiu segurança

Observe o que ele faz com os braços e mãos

  1. Se ele estiver com a mão na cintura pode ser que ele esteja cansado, esperando sem paciência
  2. Se ele estiver com as mãos fechadas pode ser que esteja irritado com algo, todavia também pode significar cansaço
  3. Se ele estiver com os brações cruzados pode ser que ele seja uma pessoa reservada ou sem paciência naquele momento. Todavia pode ser que ele esteja com os braços cruzados e pés apontados para frente, isso pode significar que a pessoa é uma autoridade no assunto.
  4. Se ele estiver com as mãos fechadas ou cerradas pode ser que ele esteja irritado ou nervoso

Observe os gestos dele

  1. Se ele usa óculos observe se ele de tempos em tempos fica levantando-o, pode ser que ele não esteja concordando com o assunto
  2. Se uma das sobrancelhas estiver levantada pode ser que ele esteja desconfiado e não concorda com você
  3. Se ele pentear o cabelo para trás pode ser que ele seja vaidoso ou não dê bola para você

Conclusão

O tema do artigo está inteiramente ligado a percepção de detalhes. São eles que vão fazer a diferença em dizer quem é um vendedor ruim ou um bom. Qual você é?

Quando entendemos esses conceitos literalmente estamos subindo de nível. Estamos saindo da área da mediocridade e começamos a dar as primeiras braçadas em alto mar.

E não se esqueça: sorrir!

Veja bem, o que você acabou de ler resumidamente faz parte da primeira parte do meu livro de vendas “O Vendedor de SIM”.

O livro vai do básico em vendas até o avançado mundo de distribuição. Dividido em módulos ele vai te ensinar a conduzir qualquer pessoa a lhe responder SIM.

Embora o foco seja vendas, as técnicas iniciais ensinadas em passo a passo vão te ajudar a se relacionar com as pessoas, no casamento, no ambiente de trabalho, com os filhos, o conhecimento adquirido com essa obra não precisa ser centralizado em vendas de produtos.

Agora depois desses primeiros conceitos e técnicas vou ensinar a você todas as práticas que aprendi de vendas ao longo dos anos no ramo de vendas diretas e telecomunicações.

Você vai aprender os processos que ajudei a criar que triplicaram o faturamento mensal de uma distribuidora de telecom.

Te vejo no livro. Forte abraço!

 

EU QUERO LER ESSE LIVRO AGORA

 

Avalie esse artigo para entendermos se você gostou do nosso conteúdo. Clique em uma estrela de acordo com seu nível de satisfação.

Conteúdo ruimPrecisa melhorar o conteúdoConteúdo razoávelConteúdo bomÓtimo conteúdo
(1 votos, com nota média: 5,00 da máxima de 5)
Loading...

Allisson da Silva

Allisson da Silva é o fundador da Compra aê! Desde 2015 vem estudando e desenvolvendo projetos sempre com foco em internet. Atualmente trabalha com distribuição, venda direta, marketing digital e é o CEO da metallisson®.

0 comentário

Deixe um comentário